segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Balanço Patrimonial de 2018

Olá pessoas,

Pensei em registrar aqui rapidamente a minha situação patrimonial de 31/12/2018, para servir de comparação no futuro e parâmetro para a análise da evolução patrimonial. Sem mais delongas, segue abaixo:

1) Patrimônio consolidado: R$51.717,13.


Nota-se uma queda no valor em relação ao início do ano, em especial pelo saldo negativo do mês de agosto, quando precisei queimar um pouco do patrimônio. A notícia boa é que aos poucos estou recuperando, quem sabe em 2019 eu consiga chegar ao tão esperado mundo dos 6 dígitos?

2) Saldo CDB: R$1.880,80.

3) Saldo Tesouro Direto: R$16.661,00.

4) Saldo em FII: R$28.165,23.

5) Previdência Privada: R$5004,10.


A poupança é apenas aquela quantia que deixo para liquidez ultra imediata, em caso de extrema necessidade, pois é possível resgatar em finais de semana e feriados. Resolvi remover ela da equação do patrimônio, para deixar apenas os demais investimentos.

A previdência privada é do tipo PGBL, adquirida agora no final de dezembro, calculada apenas para aproveitar um pouco o diferimento fiscal e evitar de pagar IR no ajuste de 2019.

Apesar dos grandes percalços do caminho, sigo em frente nos objetivos.

Saudações.




sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Renda Passiva de 2018: R$1.994,36 (+10,76%)

Olá pessoas,

       O fechamento da renda passiva de 2018 ficou num total de R$1.994,36, proveniente exclusivamente da carteira de FII que possuo.
          Tenho outros investimentos em renda fixa, para fins de reserva de emergência e previdência PGBL para fins de benefício fiscal, mas o que importa para mim é esse pinga-pinga proporcionado pelos FII.
          A renda passiva em 2018 cresceu 10,76% (estranhamente coincidente com a evolução de dez/2018 em relação a dez/2017) , sendo que os aportes em FII foram provenientes quase que exclusivamente da reaplicação dos proventos. Conforme dito acima, os aportes de dinheiro novo se concentraram na renda fixa para constituição de uma reserva de emergência mais parruda, mas se tudo der certo em 2019 voltarei aportar com força em FII.
               Ao contrário do que eu fazia antes, não vou ficar estipulando metas, financeiras ou pessoais, vou apenas esforçar meu máximo para evoluir, e o que eu conseguir é lucro.

Saudações

Renda Passiva dez/2018: R$163,69

Olá pessoas,

Como já recebi todos os proventos previstos no mês, relativos aos meus FII, resolvi fazer o encerramento do mês:



 Eu não possuo mais o XPGA, que foi transformado em MXRF. Ele aparece na lista somente porque ainda não atualizei a planilha, coisa que futuramente farei.

Em comparação com dez/2017 a renda passiva aumentou 10,78%. Considerando que neste ano eu basicamente utilizei os proventos dos FII para aportar, até que não está ruim.

Saudações. 


domingo, 16 de dezembro de 2018